domingo, 29 de março de 2015

Circuito do vinil na Big Field underground


Circuito do vinil
na Big Field underground

Julio Thomaz e Carlos Rabelo animam o karaokê do vinil,
como sempre, com muita propriedade

Ao contrário de Paul Macartney e da Seleção Olímpica Brasileira de futebol que se apresentaram em Vitória, de acordo com um jornal local, a primeira etapa da Feira de Vinil aconteceu mesmo em Cariacica.

Carlos Rabelo e Julio Thomaz, velhos conhecidos e frequentadores dos guetos culturais de nossa velha cidade, prestigiaram mais uma vez o encontro dos amantes das saudosas "bolachas pretas".

O encontro aconteceu ao meio dia de domingo, 29/03, no bar do Pantera. Muitos expositores estavam presentes com suas coleções de vinis, satisfazendo o desejo de apreciadores como Pavan, dono de um acervo de aproximadamente 1.300 discos, que trocou seu Acept por um Steppenwolf de 1969, prensagem original, e se disse muito satisfeito.

Secos e Molhados pra quem gosta...

Julio Thomaz, DJ, acompanha toda a movimentação em torno do que os leigos chamam de "retorno do vinil", e diz que no Espírito Santo o consumo e troca de discos aumenta cada vez mais, comparando a "cena" vinil capixaba com a cena em Minas Gerais, e afirma que estamos bem pareados com centros maiores, excetuando-se apenas Rio e São Paulo.

Um dos organizadores do evento afirmou que a intenção é fazer uma circulação da feira de trocas e vendas de discos por alguns locais da cidade, como o bar do Gilson, o bar Canto da Roça e a praça de Cariacica Sede.

Vinis, camisetas, posteres e pickups...

Um dos expositores foi o conhecido Nerildo, dono de uma coleção de 20 mil discos. Nerildo guarda os vinis dentro de um apartamento mantido especialmente para isso. Segundo ele, o vinil nunca deixou de existir, e disse: "quem tem mp3 ou CD não tem nada".

Nerildo ainda lembrou da banda punk Cariaciquense Zoopatia e criticou certo trabalho de jornalista capixaba que destacou o underground de Cariacica de forma equivocada (haverá crise no rock?). Nerildo disse que sempre frequentou o bar do Socó na década de 80 e nunca teve problemas com a turma de Big Field.

Mais de 80 pessoas, a maioria velhos amigos, comparecerem à feira de discos e proporcionaram umas às outras uma animada tarde de domingo.

Depois de muita negociação, o tão esperado vinil...

E por falar em velhos amigos,  ao chegar no bar do Pantera fui saudado por Carlos Rabelo, que de longe gritou "Zoopatia".

Valeu parceiro!

Só pra não esquecer...

Vamos esperar que os jornalistas capixabas estudem mais geografia e deixem de ser brejeiros para ganharem respeito...

As Palhetadas são do rock!








Postagem em destaque

Raul Seixas From Hell

Raul Seixas, From Hell Acima, o guitar man Wilson dando um toque no Raul. É ou não é from hell? Raul Seixas revisitado e...