domingo, 27 de julho de 2014

X Feira do Vinil no Oriente

X Feira do Vinil no Oriente



Congratulações aos fuck rockers de plantão...

O rock, o punk e o underground nunca vão acabar... 

Nem o metal, que ainda aguarda uma cobertura à altura por parte das Palhetadas of rock...

As Palhetadas estiveram presentes na X Feira do Vinil no Oriente, no último dia 20, evento organizado e idealizado pelo Punk velho Paulo Henrique, o Linguiça, que usou toda sua expertise para conseguir aquela sonorização que foi elogiada pelo pessoal do Brígida D'La Penha.


Sonorização e equipe profissional do Bibinho, com qualidade para rock. Bons retornos e som de frente de excelente qualidade.


Ele também teve o apoio dos aliados da última hora do underground que contribuíram na concretização do evento, que, de certa forma, foi uma realização de um pequeno grupo fuck rocker.

Além do som, a estrutura do evento contou com banheiros químicos e uma enorme tenda para acolher as bandas de rock.

Tudo foi montado na Praça do Oriente.

O público dividiu-se entre a Praça e o Bar do Galo, que, amante do rock and roll, nos intervalos entre uma banda e outra, tocava o melhor do seu repertório em um equipamento de alta qualidade.


Moradores, transeuntes, família e amigos, todos presentes numa bela tarde de domingo, na Praça do Oriente

Fica a dica: passando pelo Oriente, procure o Galo e peça um som pesado...

A feira de vinis rolou tranquilha com exemplares raros, como edições originais e primeiras edições relançadas.

Dentre os que montaram as bancas, encontramos o Léo Aranha, que trouxe sua coletânea de vinis que contam por si só a história do Punk mundial e brasileiro.


Léo Aranha, à direita, baterista do Harmonia Turbulenta e sua coleção de vinis: punk, colecionador e estudioso do Movimento Underground no ES

Na banca do Linguiça, encontramos raridades como a coleção completa da obra de Zé Ramalho, com todos os vinis autografados, proeza que conquistou no último show do cantor em Vitória.


Na banca do Linguiça, patches Punks e vinis exclusivos: foi ao show de Zé Ramalho, levou a coleção completa e conseguiu os autógrafos do Zé. Como conseguiu essa proeza? Ele e sua esposa levaram os vinis até a beira do palco e ali mesmo Zé Ramalho e banda autografaram. Isso sim é Punk!

A comunidade participou do evento como espectadora, divertindo-se e pedindo músicas, e também comercializando bebidas e lanches...

A Praça do Oriente, como toda boa praça de bairro, é muito bem frequentada, sendo o local preferido dos moradores para aproveitar uma bela tarde de domingo, e desta vez, ouvindo o bom e velho rock and roll.




A programação, além da feira/mostra de vinis, teve a presença das bandas Brígida D'La Penha (rock/pop), Harmonia Turbulenta (punk/rock), Outras Velharias (hardcore) e RHC (hardcore).


A realização da X Feira de Vinil não foi nada fácil. Talvez por isso o encontro tenha sido tão proveitoso.

Nesse evento se encontraram Jack Zoopatia, Paulo Henrique, Alessandro Nicacio e Alex Siqueira que refletiram sobre a cena cultural em Cariacica, e decidiram dar continuidade ao projeto itinerante chamado "Caravana Cultural".


Alex Siqueira, Paulo Henrique, Alessandro Nicacio e Jack Zoopatia: juntos para programar a sequência da Caravana Cultural

Vamos esperar pra ver...

Enquanto isso, as Palhetadas não param jamais...

Curtam abaixo a banda Brígida D'La Penha, com a música Do Horizonte.



Na sequência, a banda Outras Velharias.




Agora, a apresentação da banda Harmonia Turbulenta.




Encerrando o encontro cultural, a banda Resistência Hardcore (RHC).




Do seu editor preferido...

TUDO PELO ROCK!





















































































































2 comentários:

  1. Foi muito foda...Esperando o próximo \o/ \m/]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, parceiro, estamos juntos nas Jornadas Undergrounds...

      Excluir

As palhetadas agradecem. TUDO PELO ROCK!