quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

A Artificialização do Homem

A Artificialização do Homem: a arte contemporânea de
Henrique Viana


Interesse no inconsciente e arte voltada para a realidade: Dilma foge de Netuno, deus dos mares, cansado de tanta poluição...


De volta das férias, de volta ao rock...

Estamos de volta depois de muita cerveja, rock e luta social de verão...

Agora as palhetadas do rock vão lhes apresentar o artista underground da hora: Henrique Viana.

Henrique Viana faz uma arte engajada.

Politica e filosoficamente expressa em seus desenhos a artificialização do homem representado em sua visão por um humanoide privado da realidade, que não enxerga, não ouve, nem respira por si mesmo.


"O Humanoide", de Henrique Viana: desenho feito na mesa de um bar, no Oriente, a pedido deste editor do rock

Seus desenhos são marcados pelo simbolismo, com figuras como serpentes, astros celestes, imagens folclóricas como a do boitatá, sereias e referências mitológicas greco romanas.

Desenho que ilustra a luta antipetróleo

Para ele, a técnica não importa, mas o conceito.

Henrique acredita na poesia como a mãe de todas as artes, por isso a utiliza, com desenhos, para tocar o mundo simbólico do expectador e influenciá-lo na reflexão do mundo real, do qual estaríamos separados pela artificialidade que o homem criou.


Henrique Viana mora em Vitória e faz parte dos movimentos sociais Caravana Punk ES e do Fórum Antipetróleo. Sua arte sempre está presente nesses movimentos em faixas, cartazes e manifestos.

Henrique Viana diz, ao som de Zé Geraldo, que o mundo é ruim porque é feito pela maioria

Nesse momento, Henrique Viana prepara desenhos para a publicação do livro Cariacica Underground, que vai contar um pouco da história da juventude cariaciquense nas décadas de 80 e 90, juntamente com Paulo Henrique Linguiça, que vai ceder imagens de seu acervo pessoal, e o jornalista profissional Jacques Douglas Mota.

Cartaz feito a pedido da Internacional Anarco Punk - IAP, para as manifestações estudantis em 2013

Sorte aos destemidos!

Do seu editor do underground...

TUDO PELO ROCK!

4 comentários:

  1. é isto ai
    rato é um rato! autentico
    muito bom artista nao como este monte de bitolado fazedores de cover que vive a custa da ate dos outros

    ResponderExcluir
  2. RATO É ISTO AI UM RATO!AUTENTICO E DINÂMICO NÃO COMO ESTE BANDO DE TIRADORES DE COVER QUE VIVE AS CUSTA DA ARTE DOS OUTROS E NÃO CRIA NADA
    FORA BITOLADOS PARASITAS.

    ResponderExcluir
  3. RATO É RATO! UM ARTISTA CRIADOR NAO COMO OS COVER QUE VIVE DA ARTE ALEIA UM BANDO DE BITOLADOS

    ResponderExcluir
  4. Rato( Henrique ) coloca o mundo e sua lama suja, assim como a trapaça do viver de aparência, diante de todos que não querem permanecer sem pensar.

    ResponderExcluir

As palhetadas agradecem. TUDO PELO ROCK!