segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Na estrada: a poesia do Cariri encontra a Cariacica do Moxuara

Na estrada: a poesia do Cariri encontra a Cariacica do Moxuara


Ythallo Rodrigues, Elândia, Harlon Homem e Daniel Batata: integrantes do Laboratório do Caos, Conexões Poéticas e do Roteiro Poético-Boêmio do Cariri

Nem anjos, nem demônios, seus fuck rockers... apenas visionários do underground...

Não bastasse Cariacica ser a detentora de um dos pontos marcantes da geografia capixaba, monte Moxuara, ainda somos, bravamente, importante pólo de cultura marginal no Espírito Santo.

Também por isso, mas principalmente pelos filhos desta terra - aqui falo de Thiago Carminati, punk e antropólogo, e Daniel Del Fini, amante do rock and roll e cronista das palhetadas do underground - testemunhamos o importante encontro do Cariri com Cariacica, formando, quem sabe, a cena Cariri-acica... Oh yes...


Daniel Del Fini, à esquerda, "trocando ideias" com a turma do Cariri: música, poesia e caos que podem render a parceria Cariri-acica

Thiago Carminati e Fabíola Melca, cineasta, segundo e terceira da esquerda para direita: anfitriões dos amigos nessa breve passagem. O Cariri é a região metropolitana formada pelas cidade de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha, no Ceará


Atenção, fuck rockers! Arte é para os fortes.



A poesia e inquietude do Cariri, materializadas nos gestos, imagens, tensões, versos e acordes de Ythallo Rodrigues - diretor, Harlon Homem de Lacerda, Daniel Batata – trilha sonora, e Elândia irão repercutir em nossa história porque Cariacica será pano de fundo para a composição poética/política/literária e cinematográfica destes representantes de uma cena cultural altamente complexificada...



Trata-se do projeto Coração-Travessia em que nossos viajantes estão percorrendo cerca de 6 mil quilômetros, com partida na cidade de Juazeiro do Norte, até chegar a seu ponto extremo na cidade do Rio de Janeiro.



Em seguida, iniciarão o retorno por Minas Gerais – Ouro Preto, Cordisburgo, dentre outras cidades, chegando a Brasília. De lá, passarão pela Bahia – Barreiros, Piauí – São Raimundo Nonato e Oeiras, chegando finalmente ao ponto de partida, Juazeiro do norte, no dia 20 de janeiro.

Ao longo do percurso, previsto para durar 21 dias, o diretor Ythalo Rodrigues produzirá dois curta-metragens: uma ficção e um documetário. A ficção conta a estória de três personagens em busca dos motivos de sua experiência humana, parecendo ser uma busca existencial movida por sentimentos pessoais de autoconhecimento e relacionamento afetivo.

Agora, estão em nossa amada terra, "Carijacica", onde irão gravar cenas da ficção e da realidade que nos cerca para compor seus vídeos...

Ythallo Rodrigues é formado em letras e cursou a escola de cinema na universidade federal de Fortaleza/CE, tendo produzido dez curta-metragens, dentre eles “Lampião”, que circulou em festivais de São Paulo, Bahia e Ceará, e “Os versos mais lindos”, inédito em festivais.

Harlon Homem de Lacerda é poeta e professor na universidade estadual do Piauí, em Oeiras, premiado no circuito de poesia SESC-Juazeiro em 2000, tendo lançado o livro de poemas Poenomerados, em 2013. Elândia é pedagoga e faz parte do grupo Sétima de estudos de cinema há dois anos e inicia neste percurso sua primeira experiência, já desempenhando uma importante personagem feminina na ficção de Ythallo. Daniel Batata, como ele mesmo se define, é fudido e mal pago.



Com prefácio do amigo Ythalo Rodrigues, a obra Poenomerados de Harlon Homem demonstra, a partir do caos, a fugacidade da existência humana no mundo do ser e do dever-ser

Apresentação do livro Coletânea de Poetas do Cariri
do Laboratório do Caos, 2013



Mesmo que o nome Cariri nos soe diferente e inabitual, provocando equívoco de nossa parte na tentativa de pronunciá-lo, certamente a palavra Cariacica, de origem indígena, deva provocar o mesmo torpor em nossos visitantes... nada que uns bons tragos da "mardita" não possam resolver, que o diga Daniel Batata...

Já circula em nosso meio a ideia de convidá-los a participar de projetos culturais em nossa terra. Que seja verdade! Necessário para engrossarmos o caldo cultural de nossos dias...

Só registrando... do seu editor fuck rocker preferido, palhetadas do underground para todos...

Se você, fuck rocker, leu este texto até aqui, então dê um "Oh yes" lá embaixo e também torne-se um seguidor (ao lado)...

Até a próxima... do seu editor preferido, ao som de Bichos Escrotos e Desordem - Titãs 84/94 Vol. 2...

Links para conhecer a poesia do Cariri e o projeto Coração-Travessia:

http://diariodebordocoracao-travessia.blogspot.com.br/
http://www.oficinadepoemas.blogspot.com.br/
http://catarse.me/pt/coracaotravessia



Sorriso de pérolas e matando a "marvada"



Nosso punk da velha guarda, Osvaldo e amiga

Mazinho, heavy das antigas, e esposa



Um comentário:

  1. Bacana narrativa. Registro do que se passa na margem.Tenho uma matéria pra ti. abraço forte!

    ResponderExcluir

As palhetadas agradecem. TUDO PELO ROCK!