sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Livro vai contar história recente de Cariacica

Livro vai contar história recente de Cariacica
Recebendo os bônus da Lei João Bananeira, aos 45 minutos do segundo tempo, esse propulsor das palhetadas do rock, com Marcos da SEMCEL e Naira Mota: aguardando a história de Cariacica ser contada

A população de Cariacica pode se orgulhar de mais uma vitória.

A partir de janeiro iniciam-se os trabalhos de campo do projeto cultural “História Viva de Cariacica pela Voz de seus Afrodescendentes”, de concepção do jornalista e bacharel em direito, Jacques Mota.

O projeto foi aprovado no último edital da lei de incentivo cultural, no mês de dezembro de 2012, mas somente na última semana do prazo para troca dos bônus, 05 de dezembro de 2013, conseguiu um patrocinador.

Marcos - SEMCEL ouve de Jacques Mota e Alessandro Nicacio as dificuldades em produzir bens culturais no município

Não tem problema! Vamos a campo e realizaremos cerca de 70 entrevistas, vamos mapear o município e realizar o cadastro das famílias centenárias de Cariacica.

Ao final do projeto, previsto para se dar em dezembro de 2014, publicaremos livro e vídeo das entrevistas, além de realizarmos o 1º Encontro de Famílias Afrodescendentes Centenárias de Cariacica. Essa é nossa meta!
Queremos nossos bônus agora!!!

O projeto pretende abranger os últimos 122 anos de existência do município a partir de relatos orais (entrevistas) que vão abordar temas como a chegada da luz elétrica, a criação das primeiras linhas de transporte coletivo, os impactos da instalação das oficinas da Vale do Rio Doce em Itaquari e do funcionamento da estação de passageiros em Nova Rosa da Penha, a transposição da Sede para Campo Grande, os bairros e vilarejos originados dos engenhos de açúcar, e tantos outros temas...
Recebendo os bônus: agora vai!!!

Mas nem tudo são flores!!!

Com o passar do tempo, cerca de 01 ano, os valores dos serviços orçados já não são mais os mesmos, pois vão sofrer a necessária correção de mercado (inflação), o que certamente vai desestabilizar o suporte econômico do projeto.

Além disso, por toda dificuldade em se fazer os contatos necessários, os artistas socorrem-se de operadores culturais a fim de ter seus projetos acolhidos por alguma empresa. 

Esse tem sido um dos maiores dilemas dos contemplados pela lei João Bananeira.

Marcos, técnico da SEMCEL, explica as mudanças para o próximo edital e chama a todos a participar do Conselho Municipal de Cultura

De acordo com a SEMCEL - Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, para o próximo edital, a ser lançado ainda em dezembro de 2013, será admitida a figura do operador cultural, aquele profissional que realiza o contato entre o artista e a empresa, o que vai ser muito bom para todo processo.

Agora é botar o bloco na rua e suar a camisa...

Carlão do congo e Naira Mota, ansiosos pela sua história...

Cariacica... aqui vamos nós...

Palhetadas do rock pra todos!!!




















Nenhum comentário:

Postar um comentário

As palhetadas agradecem. TUDO PELO ROCK!